Auxílio Emergencial prorrogado e pode ser parcelado

0
89
fila em frente a Caixa Econômica

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que prorroga o auxílio emergencial. Serão mais dois meses garantidos, no valor total de R$ 600 por mês. Assim, as cerca de 65 milhões de pessoas que tiveram o benefício aprovado receberão mais duas parcelas.

“São mais duas prestações e nós esperamos que, ao final delas, a economia esteja reagindo, para que nós voltemos à normalidade o mais rapidamente possível”, discursou o presidente no Palácio do Planalto, nesta terça-feira (30).

“Nós sabemos que R$ 600 é muito pouco, mas para quem não tem nada é muito” – concluiu Bolsonaro.

PARCELAMENTO

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que a forma do desmembramento ao longo do mês das parcelas ainda não foram definidas. E explicou também que a data para pedir o benefício foi mantida até quinta-feira (2) e que a tendência é parcelar em dois lotes, dentro de um único mês.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui