Eleito presidente do STF, Fux promete lutar pela democracia

0
78
ministro do STF Luiz Fux
Nelson Jr/Secom STF

O novo presidente do STF, eleito com 10 votos, Luiz Fux garantiu que vai atuar pela democracia e “independência entre os poderes”. Seu mandato começa em 10 de setembro, encerrando-se na mesma data em 2022.

Seguindo a elegância de evitar unanimidade, Fux votou na ministra Rosa Weber, que foi eleita vice-presidente. Os 11 integrantes do STF se revezam na presidência, tradicionalmente pelo princípio da antiguidade, elegendo para presidência o magistrado com mais tempo de atuação que ainda não tenha chefiado.

A eleição foi antecipada em razão da pandemia, o período previsto era pra ser agosto. Ele substitui Dias Toffoli, que presidiu a Corte com uma “pacto entre os poderes”, a fim de permitir o avanço de projetos em todo país.

“Eu prometo aos meus colegas que vou lutar, incansavelmente, para manter o Supremo Tribunal Federal no mais alto patamar das instituições brasileiras. Vou sempre me empenhar pelos valores morais, pelos valores republicanos, pela luta da democracia e respeitar a independência entre os poderes dentro dos limites da Constituição e da lei”, afirmou o novo presidente do STF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui